Moonshot Thinking e liderança: o que tem a ver?

Em nossos artigos anteriores já comentamos sobre o contexto da disrupção no ambiente de trabalho e como isso  demanda lideranças preparadas para novos desafios. Para alcançar as habilidades necessárias em meio à transformação digital, posicionamentos diferentes devem ser adotados. 

Mas, antes de tudo, é preciso entender quais são as habilidades necessárias. Uma pesquisa da DWG chamada “The Inside-Out Digital Leader” compilou uma lista com 8 habilidades consideradas essenciais para este novo conceito de liderança e 6 princípios importantes para o líder digital:

As habilidades:

  1. Alfabetização digital
  2. Visão digital
  3. Advocacia
  4. Presença
  5. Comunicação
  6. Adaptabilidade
  7. Autoconsciência
  8. Consciência cultural

Os princípios:

  1. Não mandar; conversar
  2. Desenvolver mentalidade digital: adotar as facilidades da tecnologia para liderar e reinventar o negócio.
  3. Ir além: fugir dos padrões e ultrapassar os limites da organização.
  4. Ser orientado por dados: adotar uma abordagem que utiliza dados concretos para a tomada de decisões e incitar que a equipe faça o mesmo.
  5. Arriscar-se: estar preparado para arriscar e experimentar.
  6. Empoderar a equipe: desencadear processos criativos que utilizem a transformação digital na organização.

Você pode fazer um teste dessas habilidades em nosso Quizz “Quão líder digital você é?”.

Hoje, queremos focar em um dos princípios, que é o “arriscar-se”. Estamos falando de uma liderança que precisa saber ousar, experimentar e errar. Tudo isso alimentado pela visão digital.

E um conceito importante surge quando falamos sobre experimentação na era digital: o moonshot thinking. Você já ouviu falar? Neste artigo, vamos te ajudar a entender o impacto do moonshot thinking nas lideranças das empresas.

O que é moonshot thinking?

Num contexto amplo, o pensamento moonshot é aquele que se incomoda com o que é impossível. Aquele que busca solucionar grandes desafios, de formas disruptivas. Em resumo, busca fazer o que ainda não foi feito. 

São os pensamentos como o “tiro na lua” (tradução) que são responsáveis por projetos inovadores como carros automáticos, inteligência artificial e outras tecnologias que antes achávamos impossíveis. Uma das principais empresas propagadoras do moonshot thinking é a X Company, antiga Google X (conhecida como a parte disruptiva da Google).  

Moonshot thinking na prática das lideranças

Normalmente, uma empresa quando pensa em aprimorar algo que está desenvolvendo pensa em 10% a 20% em relação ao ano anterior. Agora, se você se encontrar num cenário em que deve crescer em 10 vezes mais a produção da empresa, não será o mesmo processo, concorda? 

Criatividade e inovação são o foco do moonshot thinking. Muitas vezes, temos que começar do zero para alcançar esse objetivo tão alto e isso impacta diretamente nas atitudes das lideranças. 

A Afferolab, nossa parceira em aprendizagem, trouxe em um de seus artigos exemplos de atitudes do pensamento moonshot. Um deles foi quando, durante o mandato de John F. Kennedy nos Estados Unidos da América, foi decidido levar o homem ao espaço simplesmente porque se sentiam capazes de fazê-lo. Nas palavras de John F. Kennedy:

“Nós não sabemos ainda exatamente como faremos, mas faremos”. 

Isso é ser uma liderança moonshot thinking. É o momento de sair da zona de conforto e entrar em processo de inovação, trazendo competitividade e sustentabilidade para o futuro da empresa e da equipe.

O importante é estar em um ambiente em que exista liberdade para arriscar e errar. E isso é inovação.Equipes em que a liderança se conforta em uma zona de segurança e não demanda de seus profissionais a ousadia, não chegam às novas soluções. 

Exercitar o pensamento moonshot é desatrofiar a criatividade. E aí, que tal começar a dar tiros na lua? 

O que é disrupção no ambiente de trabalho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atenção Plena
Autoconhecimento
maisPS

A Meditação na Liderança – Entrevista

Para explicar melhor sobre as práticas que podem ajudar a aperfeiçoar a maneira como você lidera, convidamos o co-fundador da maisPS, Daniel Spinelli,  estudioso, professor

Saiba mais
Detox Digital
Autoconhecimento
maisPS

Detox Digital

Detox Digital Será possível? Em meio à correria do dia-a-dia para resolver nossos problemas profissionais, os problemas da família, e ainda lidar com um cenário

Saiba mais
Executiva meditando sobre a mesa
Liderança
maisPS

A meditação na liderança

O desenvolvimento da capacidade de gerir melhor as emoções, para quem ocupa cargos de liderança, torna-se cada vez mais fundamental. As competências técnicas e a

Saiba mais

CURITIBA
(41) 3357-3537 | (41) 99225-4086
hello@maisps.com.br

SÃO PAULO
(11) 4680-3576
hello@maisps.com.br